Idade Não Diz Nada! Descubra as Vitaminas Para Mulheres Deixar o Corpo a Salvo da Ação do Tempo!

As Vitaminas para Mulheres cuidar do corpo é vital! Assim como os nutrientes, elas são como um exército que combate doenças todos os dias. Portanto, é essencial investir em uma dieta saudável para evitar problemas que aparecem com tempo.


De fato, um corpo com 40 anos de vida não funciona exatamente igual há 20 anos. Isso acontece porque a massa muscular diminui, o metabolismo fica devagar e cresce o risco de doenças sérias, como câncer, diabetes e cardiopatias.

Portanto, é essencial saber mais sobre as vitaminas para as mulheres. Basta conferir o nosso post para melhorar a sua alimentação e ficar a salvo da ação do tempo!

Lista das Vitaminas Para Mulheres

  •  Vitamina B12

A vitamina B12 é relevante a partir dos 40 anos, uma vez que fortalece a saúde do sangue e o cérebro.

É possível absorver a vitamina através de alimentos de origem animal: carne, ovo, frango, leite, e peixe. O consumo indicado deste nutriente, uma das melhores vitaminas para mulheres, é de 2,4 mg por dia desta

  • Cálcio

O cálcio é necessário para funções básicas do seu corpo, como o funcionamento adequado do coração, a contração muscular e a conversação da saúde óssea.

Então, se você não recebe a quantidade necessária de cálcio, o corpo tende a enfraquecer. Para evitar isso, encha o seu prato com gergelim, tofu, sardinha, amêndoas, brócolis e espinafre.

  •  Vitamina D

Entre as principais vitaminas para mulheres está a vitamina D, especialmente, após os 40 anos.

Afinal, a falta de vitamina D pode causar esclerose múltipla, câncer de mama, diabetes e até males ao coração.

Um dos benefícios deste nutriente é a facilidade para absorção de cálcio no corpo. Portanto, procure comer mais peixe, lacticínios fortificados, grãos e cereais.

Vale lembrar que a vitamina D é levemente absorvida apenas pelos alimentos, portanto, a exposição ao sol – em horários apropriados – é a fonte perfeita!

6 – Ômega 3 Com o passar do tempo e a carência desse nutriente, há o aumento do risco de doença cardíaca e declínio do cognitivo. Embora você possa obter Omega 3 de alimentos como peixe, nozes e vegetais de folhas, tomar um suplemento é uma boa maneira de se certificar que você está recebendo o suficiente. A quantia de 500 mg é o suficiente se estiver perfeitamente bem, mas pode aumentar em decorrência de problemas no coração ou de triglicérides. Por isso, é muito importante solicitar ao seu médico a dose adequada ao seu estado de saúde.

  • Ômega 3

Com o passar do tempo e a carência desse nutriente, há o aumento do risco de doença cardíaca e declínio do cognitivo.

Embora você possa obter Omega 3 de alimentos como peixe, nozes e vegetais de folhas, tomar um suplemento é uma boa maneira de se certificar que você está recebendo o suficiente.

A quantia de 500 mg é o suficiente se estiver perfeitamente bem, mas pode aumentar em decorrência de problemas no coração ou de triglicérides.

Por isso, é muito importante solicitar ao seu médico a dose adequada ao seu estado de saúde.

  • Magnésio

O magnésio auxilia a regular a pressão arterial, indispensável para mulheres acima dos 40 anos. Além disso, carência de magnésio tem sido associada a doenças cardíacas, diabetes e inflamação.

O magnésio também é essencial para os músculos, os nervos, a função cardíaca e para controlar a taxa de glicose no sangue. Folhas verdes escuras, feijão, soja, nozes, sementes e abacates são excelentes fontes de magnésio.

Os médicos recomendam o consumo de 320 mg por dia dentro de uma dieta saudável e equilibrada.

  •  Potássio

Outra das vitaminas para mulheres é o potássio, que tem um papel fundamental na manutenção da pressão arterial independente da idade. Mas, o excesso pode causar danos ao trato gastrointestinal e ao coração, podendo provocar arritmias cardíacas potencialmente fatais.

A maioria das pessoas pode obter o potássio que necessita mantendo uma dieta com bananas, batata doce, acelga, feijão e lentilhas.

  • Probióticos

Evidências recentes provaram que probióticos são relevantes para funcionamento do intestino e na diminuição do risco de doenças cardíacas, diabetes e acidente vascular cerebral.

Embora você possa obter probióticos em alguns produtos lácteos e fermentados de soja, os alimentos normalmente não contêm tantas cepas como um suplemento alimentar. Mas, não deixe de procurar por orientação profissional para o consumo.

Gostou de saber mais sobre as vitaminas para mulheres? Aproveite para compartilhar esse material com os seus amigos agora mesmo!


Leia Também ↓↓: 

Recomendados Para Você: