Tratamento Contra Berne: Saiba Como Tratar e Evitar o Contágio

Kinax

Se você costuma ter contato com o campo e animais, certamente já ouviu falar em berne ou em Tratamento Contra Berne. Principalmente, se você lida com gado ou tem cachorro.

Mas você sabia que nós também podemos contrair berne? Para você que nunca ouviu falar nisso, berne é uma infecção larval cutânea transmitida por parasitas que se alojam fora do corpo do seu hospedeiro.

Normalmente, o berne acomete animais mamíferos, de sangue quente, incluindo o ser humano.  No entanto, a sua incidência é mais comum em ambientes rurais úmidos, onde há vegetação abundante, como chácaras, sítios ou fazendas.

Apesar de muito comum, raramente iremos encontrar uma infestação de berne em ambientes essencialmente urbanos.

Mas, se você esteve no campo recentemente, e apresenta sintomas como coceira intensa e lesões na pele como furúnculos, isso pode indicar a presença deste parasita.

Porém, não há motivos para se preocupar, o Tratamento Contra Berne é simples, e sua recuperação imediata. O importante é logo procurar um médico para identificar o problema e receitar o melhor remédio.

Neste artigo, vamos explicar o que é o berne, como é transmitido, suas causas e seus sintomas. Em seguida, vamos indicar o Melhor Tratamento Contra Berne e o que fazer em caso de prevenção.

Afinal, o que é Berne?

Tratamento Contra a Berne

A berne é uma infecção causada pelo estágio larval de insetos como a mosca varejeira ou berneira (Dermatobia hominis), um inseto díptero de abdômen metálico. A doença se instala fora do corpo do seu hospedeiro (ectoparasitose) e se desenvolve no tecido subcutâneo, ou seja, embaixo da pele do animal ou da pessoa.

A larva da berne é transmitida por qualquer tipo de mosca vetor ou gestora dos ovos, que pode ser hematófaga (sugadora de sangue) ou até lambedora (como a mosca doméstica).

Geralmente, a infecção por berne é confundida com a “bicheira” ou miíase (proliferação de larvas de mosca em tecido vivo), mas a berne é diferente.

A “bicheira” se dá quando qualquer inseto voador deposita ovos em uma ferida exposta que se transformam em várias larvas que vão se alimentando de tecido vivo, formando buracos sob a pele.

No caso da berne, apenas uma larva é depositada de cada vez, mesmo sem a presença de feridas, e ali ela se desenvolve no local onde penetrou e não se espalha pelo corpo.

Como se Transmite a Berne?

A expectativa de vida da mosca berneira é de apenas 24 horas, ou seja, ela tem apenas um dia para conseguir se reproduzir e depositar seus ovos. No entanto, em estágio adulto não precisam se alimentar, pois elas possuem o que chamamos de “vida livre”.

O perigo está em suas crias, que assim que atingem o estágio de pupa ou crisálida (entre a fase larval e a vida adulta), precisam encontrar seus parceiros sexuais para procriar antes de morrer.

Assim, para perpetuar a espécie, elas saem em busca de outras moscas, e depositam seus ovos nelas para que estas completem o ciclo ao pousar em um outro animal.

As fêmeas capturam os insetos foréticos em pleno voo para depositar seus ovos. A forésia é um tipo de comensalismo onde há uma relação sem prejuízo para ambos os insetos.

Normalmente, a mosca berneira deposita vários ovos durante o voo, em espécie de cacho, sobre a mosca veiculadora. Uma mosca berneira ou varejeira pode botar até 800 ovos durante a sua vida adulta (entre 15 e 20 em cada inseto forético).

Leia Também ↓↓: 

Após 6 dias esses ovos se transformam nas “larvas”, e assim essa outra mosca sai em busca de um animal mamífero para depositar a larva em seu corpo, mais precisamente no tecido subcutâneo. Por isso, é comum ocorrer a berne mesmo em locais onde não há moscas varejeiras.

Como a Berne Entra em Contato com a Pele da Vítima

Transmissão da Berne

Leia Também ↓↓: 


Leia Também ↓↓: 

Recomendados Para Você: