Síndrome do viajante: veja como evitar que a viagem dos sonhos vire pesadelo!

Canal Cura Verde

Rate this post

Hoje em dia, o estresse e a ansiedade podem prejudicar consideravelmente a qualidade de vida. Por isso, a chegada das férias ou de dias de folga é tão comemorada por profissionais de todos os setores. Nada melhor do que embarcar em um avião para um destino paradisíaco, certo? Certamente, mas você precisa tomar cuidados para evitar a Síndrome do Viajante.

Infelizmente, essa síndrome do Viajante não tem nada a ver com a vontade incessante de conhecer outros locais do mundo. Trata-se de uma trombose que pode afetar os indivíduos que ficam muito tempo com a mesma postura: sentado ou em pé.

Isso acontece porque a trombose dificulta a circulação do sangue dentro das veias, especialmente, nas extremidades. Sendo assim, o coração precisa se esforçar muito mais para bombear o sangue para todo o corpo.

Em casos graves da Síndrome do Viajante, os principais órgãos do corpo humano podem ser comprometidos. No entanto, você não precisa desmarcar a sua viagem para o próximo feriadão, basta tomar algumas medidas bem simples.

Ficou interessado nestas dicas? Então, é só acompanhar o nosso post!

Dicas para não sofrer com a Síndrome do Viajante

Síndrome do Viajante

1 – Beba muita água

A água é essencial para que o seu organismo funcione perfeitamente e essa necessidade aumenta com a altitude. Por isso, é indicado que você consuma bastante água ao longo do seu vôo, principalmente, se for uma viagem muito longa.

E o ideal é você nem pense em beber cerveja, vinho ou destilados, uma vez que o efeito do álcool é muito mais rápido e forte do que em terra. Por conseqüência, a desidratação também é acentuada!

2 – Coloque a mala no bagageiro

Quem vai ficar mais de duas horas em um avião precisa arrumar espaço para as suas pernas. Então, a dica é deixar as suas malas e/ou mochilas nos compartimentos indicados e que não limitem o seu espaço.

Quando se está na classe econômica, o espaço entre os bancos é pequeno e colocar a mala embaixo pode diminuir o seu conforto.

3 – Mexa as pernas e os pés

Sabe a dica anterior? Tem tudo a ver com essa regrinha! Procure mexer frequentemente as suas pernas, os seus pés e os dedos. Tudo isso para que a circulação pode ser estimulada e você não fique com a sensação de cansaço nas extremidades.

Leia Também ↓↓: 
4 – Cochile, mas não durma demais!

A Síndrome do Viajante se torna ainda mais provável se você dormir por horas e horas no avião sem se movimentar adequadamente. Neste caso, é recomendado que você não tire cochilos com mais de duas horas seguidas e procure se movimentar um pouco.

Nem que seja somente aquela caminhada até o banheiro! Não fique mais de 120 minutos sentado sem esticar as suas pernas. A sua saúde agradece!

5 – Histórico familiar

Quem conta com problemas de circulação, inflamação ou trombose na família deve procurar um médico antes de embarcar para viagens consideradas longas. Isso é importante porque este profissional pode indicar remédios para minimizar o risco de sofrer com os efeitos da Síndrome do Viajante.

Gostou de conhecer essas dicas para evitar a Síndrome do Viajante? Então, aproveite para compartilhar esse conteúdo nas suas redes sociais!


Leia Também ↓↓: 
Kinax

CURTA A NOSSA PÁGINA: Este site não substitui o trabalho de um especialista. Sempre consulte um médico.

Recomendados Para Você: