Sal Rosa do Himalaia: Conheça os Benefícios do Sal Mais Puro do Mundo

Canal Cura Verde

5 (100%) 1 vote

O Sal Rosa do Himalaia ficou famoso por ser considerado o mais puro do mundo, livre de toxinas e poluentes.

No entanto, alguns especialistas já declararam que o Sal Rosa do Himalaia  é nutricionalmente muito parecido com o sal marinho. As únicas diferenças seriam a sua cor e o seu preço, bem mais alto por conta da fama adquirida.

Apesar de controverso e de muitas especulações, ainda não há evidências científicas dos seus reais benefícios para a saúde. Mas de fato, o Sal Rosa do Himalaia já é visto em todo lugar.

Seja como substituto do sal de cozinha ou como ferramenta terapêutica em clínicas de estética, o Sal Rosa do Himalaia vem ganhando espaço e caindo no gosto das pessoas.

São muitos os benefícios à saúde atribuídos ao Sal Rosa do Himalaia. Como por exemplo, conter nutrientes e minerais extremamente benéficos ao organismo.

Ou seja, quem se preocupa com a qualidade de vida e com o que consome, já caiu de amores pelo Sal Rosa do Himalaia.

Neste artigo você vai entender de onde vem o sal do Himalaia, como ele é extraído, como pode ser usado e quais os reais benefícios que ele pode trazer para a sua saúde. Leia mais sobre ele abaixo!

Leia Também ↓↓: 

Sal Rosa do Himalaia

O Que é o Sal Rosa do Himalaia

Como o próprio nome já implica, o Sal Rosa do Himalaia , também conhecido como sal do mar do Himalaia, é um tipo de sal extraído a partir de cristais rochosos de sal de áreas próximas à Cordilheira do Himalaia, que se estende por todo continente Asiático.

Esse famoso sal rosa que conhecemos hoje, vem principalmente da região de Punjab no Paquistão (cerca de 190 km do Himalaia). Toda essa região é conhecida por possuir um dos campos de sal mais ricos e extremamente antigos.

Isso porque há cerca de 4 bilhões de anos atrás, a área inteira era coberta pelo Mar Primal que ali existia, mas que foi elevada a montanhas com os movimentos de placas tectônicas debaixo da Terra.

Dessa forma, a água do mar evaporou e os seus minerais foram cristalizados nas rochas, daí o fato dele ser chamado de Sal Rosa do Himalaia.

Lista Com 13 Benefícios do Sal Rosa do Himalaia

Como vimos, se usado com moderação o Sal Rosa do Himalaia é capaz de superar todos os outros tipos de sais em benefícios. Veja abaixo quais são eles:

Combate a Hipertensão

Um dos principais Benefícios do Sal do Himalaia consiste no fato de ele reduzir consideravelmente a pressão arterial, já que este sal contém 50% menos sódio se comparado ao sal refinado tradicional.

Diminui o Inchaço Corporal

Não é novidade que o excesso de sódio presente na corrente sanguínea é um dos principais responsáveis pelo inchaço do corpo.

Exatamente por esta razão, ao adotar o consumo do sal do Himalaia, diminuindo assim a ingestão de sódio, naturalmente o organismo não sofrerá com os efeitos do inchaço, principalmente o abdominal.

Favorece a Circulação Sanguínea

Pelo fato de combater a hipertensão e a retenção de líquidos, o consumo deste sal é capaz de melhorar consideravelmente a circulação sanguínea, evitando problemas como tromboses e AVC, por exemplo.

Potencializa a Absorção de Nutrientes

Outra das propriedades do sal do Himalaia trata-se de ele potencializar a absorção dos nutrientes ingeridos por meio dos alimentos.

Em outras palavras, isso significa que ao adotar o consumo do sal do Himalaia, o corpo naturalmente absorverá maior quantidade de vitaminas, minerais e demais substâncias essenciais ao equilíbrio orgânico.

Limpa o Organismo

Outro dos Benefícios do Sal do Himalaia diz respeito à limpeza que ele promove no organismo como um todo.

Isso ocorre graças à combinação iônica existente neste sal, capaz de fazer uma verdadeira faxina no corpo, eliminando toxinas prejudiciais à saúde.

Benefícios do Sal Rosa do Himalaia

Hidrata o Organismo

Devido a um benéfico composto de eletrólitos existentes neste sal, ele promove o equilíbrio dos fluidos orgânicos, prevenindo possíveis processos de desidratação.

Apenas como comparativo, o poder de hidratação do sal do Himalaia é considerado maior que o dos isotônicos amplamente comercializados.

Diminui o Cansaço

Graças às excelentes quantidades de magnésio e demais minerais presentes neste sal, ele é muito eficaz no relaxamento do corpo e na redução do cansaço físico e mental.

Exatamente por isso, o uso do sal do Himalaia é muito recomendado para banhos relaxantes após um dia particularmente estressante.

Fortalece Ossos e Dentes

Devido à presença de aproximadamente 84 tipos de minerais essenciais no Sal Rosa do himalaia, ele auxilia imensamente no fortalecimento de ossos e dentes, prevenindo doenças como a osteoporose.

Inibe os Sinais do Envelhecimento

Ainda que muitas pessoas não saibam disso, outro dos benefícios deste sal atua na redução dos sinais típicos do envelhecimento.

Desse modo, o consumo regular de sal do Himalaia inibe o aparecimento de rugas, aumenta a elasticidade e hidratação natural da pele, fortalece as unhas e combate a queda de cabelo.

Favorece a Digestão

O uso deste sal no preparo dos alimentos é muito eficaz na prevenção e tratamento de problemas digestivos, já que ele evita a ocorrência de refluxo, irritações no intestino, prisão de ventre etc.

Equilibra os Níveis de PH no Corpo

Embora nem todas as pessoas saibam disso, manter os níveis de Ph equilibrados no organismo é crucial para combater doenças relacionadas às defesas imunológicas, problemas ósseos, excesso de peso, formação de pedras nos rins etc.

Combate a Dor de Cabeça

Pelo fato de este sal promover o equilíbrio dos níveis de serotonina, ele naturalmente contribui para o alívio das dores de cabeça, incluindo os episódios de enxaqueca.

Auxilia no Tratamento de Doenças Respiratórias

O Sal Rosa do Himalaia diluído em água quente consiste em um excelente remédio natural para tratamento de bronquite, sinusite e asma, sendo muito útil também para a purificação dos ambientes.

Como se Obtém o Sal Rosa do Himalaia

O Sal Rosa do Himalaia é extraído de minas de sal a 5.000 metros de profundidade dessa região. Acredita-se que essa camada de sal foi mantida limpa, coberta por lava de vulcões antigos e cercada por neve durante o anos, protegendo-a da poluição moderna.

A sua cor levemente rosada, com tons de vermelho e branco indicam a grande concentração de minerais.

O tom rosa característico é resultado do óxido de ferro, e quanto mais claro, maior o seu grau de pureza.

A sua composição é de 98% de cloreto de sódio mais 80 minerais, como magnésio, zinco, cálcio, iodo, potássio, fósforo, ferro, entre muitos outros.

Por esta razão, o Sal Rosa do Himalaia é considerado um sal saudável, sem adição de produtos químicos, tido como o mais puro que existe e uma das melhores fontes de minerais naturais do planeta.

Como Usar o Sal Rosa do Himalaia

O Sal Rosa do Himalaia pode ser encontrado em forma de cristais, não refinado, em embalagens plásticas, de vidro ou com moedores embutidos.

Ele tanto pode ser usado na culinária como substituto do sal de cozinha, como para cozinhar e servir.

Leia Também ↓↓: 

Placas de sal podem ser usadas como travessas, podendo ser refrigeradas ou congeladas para servir diferentes alimentos.

Os blocos de sal também são bons condutores de calor e podem ser aquecidos para selar alimentos.

O Sal Rosa do Himalaia também é bastante utilizado por clínicas de estética e spas, em formas de rochas maiores que são transformadas em luminárias ou em câmaras de sal, para procedimentos estéticos.

Além disso, podem ser usados em banhos terapêuticos, desintoxicantes.

Na decoração, as rochas de sal podem ser usadas como cristais decorativos e para purificar o ar através de lâmpadas de cristal do sal.

Como Usar Sal Rosa do Himalaia

Sal Rosa do Himalaia X Outros Tipos de Sal

O consumo do sal faz parte da base diária da alimentação do ser humano, sendo essencial para a saúde, salvo pessoas com restrições específicas.

Além disso, o sal é um elemento indispensável para dar sabor aos alimentos e sensação de saciedade após as refeições.

Mas o seu consumo excessivo pode trazer malefícios para a saúde.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o consumo diário de sal deve ser limitado a 5g de sal, o equivalente a 2g de sódio para evitar danos à saúde.

Já 1/4 de colher de chá de sal rosa do Himalaia contém cerca de 1/2 grama de sódio.

Por isso, o Sal Rosa do Himalaia é melhor do que o sal de cozinha.

No entanto, todos os tipos de sais, seja o integral (sal marinho ou “grosso”, sal rosa, sal kosher, sal negro) ou refinado (sal de cozinha), só variam um pouco no conteúdo mineral e na sua textura, mas todos são muito parecidos em termos nutricionais.

Principalmente, o sal marinho e o sal rosa. Pois, o sal rosa também é uma espécie de sal marinho que leva resíduos da região de onde foi retirado.

A diferença estaria entre a quantidade de minerais e impurezas presentes neles.

Leia Também ↓↓: 

A cor e o sabor podem ser próprias de cada tipo, mas não existem diferenças relevantes em relação ao valor nutricional.

Sal Refinado (sal de cozinha)

O sal refinado, mais conhecido com o sal de cozinha é uma outra história.

Inicialmente, ele também seria um sal marinho e puro, porém devido aos métodos de refinação na sua industrialização, todos os seus minerais naturais são perdidos ou retirados, tornando-o praticamente apenas cloreto de sódio (97% ou mais).

Portanto, o sal refinado traz em sua composição cloreto de sódio em proporções bem maiores do que a do sal integral (sal rosa e marinho), além de outras substâncias químicas usadas para remover as “impurezas”.

Já o sal integral não passa por esse processo e, por isso, mantém a sua composição de minerais naturais essenciais para o organismo.


Leia Também ↓↓: 
Kinax

CURTA A NOSSA PÁGINA:

Recomendados Para Você: