Se você ver este animal, corra! Tocar neste anfíbio pode ser fatal!

Canal Cura Verde

Rate this post

A Phyllobates terribilis é uma espécie de anfíbio da família Dendrobatidae. Mas, este não é um animal qualquer. De acordo com pesquisas, mais de 100 toxinas foram achadas nesta espécie, que ficou conhecida como a rã mais perigosa do mundo.

O veneno em questão é a homobatracotoxina, um elemento químico fatal que só se revela quando é tarde demais.

Isso acontece porque o seu único sintoma é a falência dos principais órgãos vitais. Quer saber como se proteger deste anfíbio? Basta conferir o nosso post!

Conheça a rã mais perigosa do mundo

Com relação ao peso e ao tamanho, esta não é apenas a rã mais perigosa do mundo, bem como o animal vertebrado mais venenoso do planeta! Afinal, essa ração possui veneno suficiente para tirar a vida de inúmeras pessoas.

O seu veneno provoca uma parada respiratória imediata e em um animal adulto conta com a capacidade de matar 20 mil cobaias ou uma centena de indivíduos. As galinhas e cães que ficaram expostos a um único papel toalha onde essa rã passou morreram rapidamente.

Leia Também ↓↓: 

Vale destacar que esse veneno é bastante incomum na natureza e somente é achado em três espécies de sapos na Colômbia e dois pássaros na Nova Guiné. Além disso, o único predador que resiste ao veneno é a cobra.

Rã mais perigosa do mundo

Outra curiosidade sobre a rã mais perigosa do mundo é que ela tende a perder o seu veneno quando criada em cativeiro, uma vez que esse elemento químico é repassado por insetos venenosos e oriundos de seu habitat natural.

A criatura que transmite os alcalóides para a rã é um besouro da família Melyridae. E somente dois décimos de micrograma deste veneno podem levar uma pessoa a morte em minutos. Por comparada, cada pessoa conta com 200 microgramas na pele.

A rã mais perigosa do mundo pode ter outras cores, como verde, amarelo, branco e creme. Ele é encontrado na Colômbia, Bolívia, Equador, Brasil e por toda a área tropical da América do Sul, sobretudo na Amazônia.

Como os índios lidam com a rã mais perigosa do mundo?

Os indígenas pegam estas rãs somente com as pontas das flechas. Esta é uma tática para que as suas flechas também se transformem em armas letais, visando facilitar as suas caças e até as guerras contra os seus inimigos.

No entanto, eles fazem este processo com muito cuidado e utilizam as folhas de bananeira para se proteger e não entrar em contato com o veneno.

Gostou de saber mais sobre a rã mais perigosa do mundo? Aproveite para compartilhar esse conteúdo com os seus amigos nas redes sociais!


Leia Também ↓↓: 
Kinax

CURTA A NOSSA PÁGINA:

Recomendados Para Você: