Erva de Passarinho: O Que é e Principais Benefícios Para a Saúde

Canal Cura Verde

Rate this post

Se ainda não conhece os benefícios da Erva de Passarinho, leia este artigo e descubra curiosidades sobre a erva relacionada a saúde humana!

A Erva de Passarinho traz benefícios que muita gente desconhece, por se tratar de um elemento parasita da natureza.

A questão é que, para a saúde humana, a erva é capaz de aprimorar e auxiliar o sistema pulmonar, respiratório e demais relacionadas ao sangue.

O Que é Erva de Passarinho?

erva de passarinho

A Erva de Passarinho, como dito antes, é uma substância parasita quando pensamos na natureza. A planta é pertencente a classe “loranthaceae”, conhecida também como uma categoria dos hemiparasitas, em que se destaca como um acometedor de natureza.

Esse elemento é encontrado em diversas regiões brasileiras, mas em destaque pelo Cerrado.

A erva é, na verdade, uma planta, que leva o nome de Erva de Passarinho em virtude da sua função que espalha pelos pássaros, sementes em suas fezes.

As aves consomem estes frutos e eliminam as sementes em plantas e árvores como goiabeiras e laranjeiras.

Esta erva acaba tendo a alimentação a partir da seiva de hospedeiros, possibilitando, ainda, provocar a morte da própria árvore.

Trata-se de um parasita para a nossa natureza, mas constitui substâncias medicinais e fatores benéficos importantíssimos para a saúde humana.

A erva age em combate a patologias do sistema respiratório, tanto em adultos quanto em crianças, e é passível de ser encontrada seca ou natural.

A planta é um tipo da trepadeira, fornecedora de alimentação para pássaros frutívoros.

Para Que Serve a Erva de Passarinho?

É uma planta que se torna um parasita para diversas outras plantas. De um modo geral, ela suga árvores de lenhas. Ao ser eliminada do que parasita, suga a seiva de outro elemento até que leve-o a morte (outra planta/ árvore).

Em virtude de que a planta atua como uma alimentação para muitas aves, a  erva de passarinho conta com o auxílio destes animais para ser proliferada.

Ao passo que os pássaros a consomem, eles também fazem a ingestão de sementes que são eliminadas juntamente das fezes.

É, dessa forma, que a planta vai se espalhando rapidamente. É importante dizer que essa planta não provoca, de fato, a morte de outra planta, porém, em virtude de que a hospedeira fica fraca, acaba sendo mais favorável a doenças.

Ao longo do tempo, a alimentação não tem mais suficiência para ambos os organismos e a planta parasitada acaba falecendo.

Benefícios

Os benefícios da Erva de Passarinho são inúmeros para a saúde humana. Ela melhora diversos fatores do organismo e, portanto, muita gente acaba optando por cultivá-las nos próprios quintais. Entre uma variedade de vantagens, estão:

Leia Também ↓↓: 
  • atua contra o bronquite;
  • eficaz em combate a pneumonias;
  • atua contra a hemoptise;
  • auxilia a melhorar dores no peito;
  • atua contra pontadas;
  • previne patologias do útero;
  • contém hemorragias;
  • combate a tosses.

A Erva de Passarinho está disponível para o tratamento de questões respiratórias e aprimora o órgão responsável pela respiração.

A planta atua efetivamente nos pulmões, sendo um grande aliado no combate de bronquite, principalmente, bem como as dores que acometem o peito.

É um grande aliado, também, das mulheres, pois auxilia a amenizar e prevenir doenças relacionadas ao útero.

Há relatos também de ser bastante eficaz em períodos menstruais, tornando as cólicas menos intensas e, ainda, colaborando para um fluxo também menos intenso.

Leia Também ↓↓: 

Receita de Chá de Erva de Passarinho

erva de passarinho

Esta receita da Erva de Passarinho, deve ser realizada a partir das folhagens frescas desta planta. Para a preparação, utilize 1 litro de água e 2 colheres da erva, em questão.

Numa panela ou afim, colocar a água e as folhagens, levando-os ao aquecimento. Espere até que se alcance a fervura e, em seguida, desligar o fogo. 

Tampar a mistura e deixar em descanso pelo prazo médio de 10 min. Coar e consumir, logo depois, uma dosagem composta por 2 a 3 xícaras diárias.

Outra forma de fazer a bebida, é utilizando entre 2 a 3 copos de água com 5 colheres da planta do passarinho batidas em liquidificador.

A dosagem para menores de 13 anos deve se destacar com 1/3 da quantidade específica aos adultos – meio copo todos os dias.

Use também esta infusão como compressa para acalmar dores e afins.

Contraindicação

Não há, dentre especificações da ciência e órgãos, alguma contraindicação da ingestão deste chá. Contudo, é relevante que, antes de realizar a ingestão de remédios, tanto de caráter natural quanto químico, faça-se a consulta de especialistas.

Em cada situação de afecções, especifica-se um tipo determinado de tratamento que precisa do fornecimento de um médico. 

Se a intenção é tratar patologias com as plantas da natureza, é imprescindível que o seu médico seja informado.

O uso da planta não substitui o tratamento específico recomendado pelos especialistas. Mantenha a sua rotina medicamentosa e acompanhe as indicações do seu especialista para fazer uso, também, dos meios naturais explícitos aqui.

Gostou das dicas? Continue aproveitando o conteúdo e tornando a sua qualidade de vida ainda melhor!


Leia Também ↓↓: 
Kinax

CURTA A NOSSA PÁGINA:

Recomendados Para Você: