Entenda como exercício físico, meditação e os amigos podem salvar a sua vida!

Canal Cura Verde

Rate this post

A preocupação gera estresse e ansiedade, sendo que esses dois problemas emocionais foram responsáveis por inúmeros afastamentos de trabalho em 2016. A Previdência Social registrou um aumento de 30% de pedidos de auxílio-doença relacionados a esses dois motivos. Mas, como parar de se preocupar com a crise financeira e a ameaça desemprego?

De fato, o brasileiro tem muitas razões para se inquietar. No entanto, é necessário sempre manter a calma e o bom senso para que essas aflições não se transformem em algo mais complexo, ameaçando a sua integridade física e mental.

Desta maneira, sempre existem alternativas para romper com essa rotina sobrecarregada, exaustiva e que enche a mente do cidadão de questionamentos. Você pode aprender alguns métodos para treinar o seu cérebro para não ficar tão focado nas dificuldades.

Basta conferir o nosso post e colocar em pratica essas dicas simples e uteis para melhorar sua qualidade de vida.

Leia Também ↓↓: 

Como parar de se preocupar? Conheça alguns truques para suavizar sua rotina:

1 – Faça anotações

Ao anotar em um papel o que está lhe preocupando, o seu cérebro começa a relaxar. Isso acontece porque no ato de escrever, você acaba se acalmando e respirando profundamente.

Conforme pesquisas cientificas, você passa a se concentrar no seu texto e não nos detalhes da sua inquietação.

Um estudo publicado pela revista Anxiety, Stress & Coping comprovou essa tese. Os voluntários deveriam apenas escrever alguns tópicos.

O curioso é que, quanto mais preocupada a pessoa era com determinado assunto, menos completo e descritivo seu texto ficava.

Resultado: a preocupação atrapalha o pensamento, dificultando encontrar as respostas para os problemas.

como parar de se preocupar

2 – Exercite-se com freqüência

Outra forma de como parar de se preocupar é praticar alguma atividade física, especialmente, em um lugar ao ar livre e que permita o seu contato com a natureza. Procure se concentrar somente no som a sua volta, nos movimentos do seu corpo e na sua respiração.

A revista Psychosomatic Medicine publicou estudo que comprova que esta técnica combate a ansiedade de forma muito eficaz. Além disso, uma simples caminhada por auxiliar a controlar a pressão alta, um sintoma comum do estresse.

Vale destacar que a realização de atividades físicas constante pode virar uma ótima fonte de disposição, bom humor e condicionamento, além de possibilitar a liberação de toda a pressão acumulada no seu dia.

No entanto, você não pode se acomodar em praticar uma modalidade qualquer. As vantagens são muito maiores quando você faz algum esporte que lhe agrade o suficiente para retornar no dia seguinte.

3 – Medite

Meditar pode ser uma maneira excepcional de como parar de se preocupar. Especialmente, se você conseguir se concentrar e refletir sobre o que é realmente importante na sua vida.

Inúmeras pesquisas comprovam que as pessoas que costumam meditar são muito mais otimistas e satisfeitas com o seu cotidiano.

Portanto, esta pode ser uma atividade para deixar o seu dia a dia mais leve, calmo e até facilitar a sua concentração nas atividades primordiais.

4 – Divirta-se!

De fato, você não terá meios de como parar de se preocupar se não encontrar tempo para descansar, se divertir e estar entre os seus entes queridos.

Por isso, sempre reserve um período do dia para exercitar as suas paixões e dar boas risadas ao lado de amigos e familiares. Esta é uma dica simples, mas que pode fazer uma imensa diferença no modo com que você leva a vida.

Esforce-se para valorizar os pequenos momentos de alegria, apreciar as coisas mais simples e que colocam um sorriso no seu rosto. Esses são remédios incríveis para impedir pensamentos negativos e preocupações em momentos inoportunos.

Gostou de aprender esses truques de como parar de se preocupar? Aproveite para compartilhar esse conteúdo com os seus amigos!


Leia Também ↓↓: 
Kinax

CURTA A NOSSA PÁGINA: Este site não substitui o trabalho de um especialista. Sempre consulte um médico.

Recomendados Para Você: